UOL Notícias Notícias
 

24/04/2010 - 16h50

Protesto em Paris contra declarações do cardeal Bertone

Cem pessoas se reuniram, este sábado, em Paris, para denunciar as declarações do cardeal Bertone, número dois do Vaticano, que vinculou a homossexualidade à pedofilia, constatou a AFP.

Convocados pela Interassociação de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais (Inter-LGBT), que reúne sessenta entidades, os manifestantes quiseram "denunciar as declarações escandalosas procedentes do Vaticano, visto que foi o número dois do Papa quem as fez", declarou à AFP Daniel Meyer, tesoureiro da organização.

Durante pouco mais de uma hora, gritaram palavras como "Vaticano, Estado homofóbico".

O cardeal Tarcisio Bertone havia declarado há dez dias, no Chile, que "muitos psicólogos, muitos psiquiatras demonstraram que não há relação entre celibato e pedofilia, mas muitos outros demonstraram e me disseram recentemente que há relação entre homossexualidade e pedofilia".

O Vaticano manteve distância destas declarações.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h29

    -0,56
    3,127
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h40

    -0,03
    75.580,33
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host