UOL Notícias Notícias
 

27/04/2010 - 06h19

Parlamento da Ucrânia aprova acordo com a Rússia em sessão violenta

O Parlamento da Ucrânia aprovou nesta terça-feira um polêmico acordo que autoriza a permanência de uma base russa na Crimeia (Mar Negro), em uma sessão marcada por incidentes violentos no plenário e por protestos do lado de fora.

Os deputados aprovaram, com 236 votos favoráveis de um total de 450 representantes, o acordo que prevê a permanência da base russa até 2042.

A sessão foi marcada por incidentes. O presidente da Câmara, Volodimir Litvin, foi atacado com ovos.

Nos arredores do Parlamento, milhares de opositores pró-ocidentais gritaram "Morte aos traidores" e "Crimeia é nossa, fora a frota de Moscou".

Um grande dispositivo policial tentou impedir o avanço dos manifestantes até a sede do Legislativo e mantê-los afastados das centenas partidários do presidente Vicktor Yanukovich, reunidos atrás de uma faixa com a frase: "Ucrânia e Rússia, aliados estratégicos".

Em Moscou, a Duma, Câmara Baixa do Parlamento russo, também aprovou o acordo, com 410 votos favoráveis e nenhum contrário.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host