UOL Notícias Notícias
 

30/04/2010 - 18h06

Departamento de Estado investiga incidente com diplomata chinês

O Departamento de Estado americano anunciou a abertura de investigação sobre um incidente relatado pela imprensa envolvendo um diplomata chinês, que teria sido maltratado por policiais em Houston (Texas, sul).

"Compartilhamos a preocupação da China sobre o caso (...)", declarou o porta-voz Philip Crowley.

Segundo ele, "teria havido uma discussão com a polícia sobre uma placa de carro com validade expirada, ou sobre a falta de placa".

Yu Boren, adido do consulado chinês de Houston, foi detido no sábado, 22 de abril, na garagem da representação diplomática e chegou a ser ferido, informou em comunicado Annise Parker, prefeita de Houston.

Segundo a imprensa local e nacional, o diplomata teria sofrido violência da parte dos policiais que o detiveram, após ter-se recusado a obedecê-los.

"Os policiais envolvidos declararam não saber que o prédio no qual Yu Boren havia entrado era um consulado", segundo a prefeita, que solicitou à polícia local informar seus agentes sobre os endereços importantes da cidade.

O consulado da China ainda não se pronunciou sobre o caso.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host