UOL Notícias Notícias
 

30/04/2010 - 06h51

Desemprego na Eurozona permanece em nível recorde

A taxa de desemprego nos 16 países que integram a Eurozona permaneceu no nível recorde de 10% em março na comparação com o mês anterior, anunciou a agência europeia de estatísticas Eurostat.

Quase 100.000 pessoas perderam o emprego durante março na zona euro.

O índice de 10% representa o maior nível desde a criação do euro em 1999 e equivale a 15,8 milhões de desempregados.

Mas as diferenças são colossais entre os países membros da Eurozona: a Espanha permanece com a maior taxa (19,1%), enquanto Holanda (4,1%), Áustria (4,9%) e Luxemburgo (5,6%) aparecem no outro extremo.

Nesta sexta-feira, o Instituto Nacional de Estatística da Espanha anunciou que o índice de desemprego superou o nível simbólico de 20% no primeiro trimestre do ano, a 20,05%.

No conjunto dos 27 países que integram a União Europeia (UE), a taxa de desemprego também permaneceu estável na comparação com fevereiro, a 9,6%.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host