UOL Notícias Notícias
 

04/05/2010 - 14h58

Ordem dos Carmelitas Descalços informa sobre caso de pedofilia na Espanha

A ordem religiosa espanhola dos Carmelitas Descalços comunicou à promotoria do governo regional da Comunidade Valenciana sobre um possível caso de pedofilia no qual estaria envolvido um de seus frades.

Os fatos ocorreram em 2007, mas foram conhecidos pela ordem há alguns dias, depois de receber denúncias dos pais da vítima, que atuava como coroinha numa localidade de Castellón.

O bispado de Castellón (leste) lamentou os fatos classificando-os de inadmissíveis.

Já o bispo de Segorbe-Castellón, Casimiro López, expressou sua consternação pelos fatos denunciados e sua solidariedade com a vítima e sua família, em declarações no site do bispado.

Em 16 de março passado, a congregação dos Clérigos de San Viator também expressou sua consternação ao ficar sabendo que um de seus membros se encontrava detido no Chile por posse de pornografia infantil e que supostamente teria abusado de 15 menores em colégios espanhois.

Em 17 de fevereiro, um imã acusado de abusos sexuais contra meninas menores de idade às quais dava aula de religião foi detido no sul da Espanha.

O religioso muçulmano, de 48 anos, foi alvo de queixas por abusos sexuais apresentados pelos pais das cinco meninas a quem dava aula de religião numa mesquita da localidade de El Algar.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host