UOL Notícias Notícias
 

05/05/2010 - 13h15

Acusados por atentado no Marriott do Paquistão são absolvidos

Quatro homens acusados de serem os autores do atentado contra o hotel Marriott de Islamabad em 2008 foram absolvidos nesta quarta-feira por um tribunal antiterrorista paquistanês, anunciou o advogado da defesa.

O ataque com carro-bomba contr este hotel de luxo deixou 60 mortos em 20 de setembro de 2008. O Paquistão acusou os talibãs paquistaneses ligados à al-Qaeda de estarem por trás do atentado.

Segundo o advogado, a acusação não conseguiu apresentar provas concretas e o juiz se viu obrigado a absolvê-los.

Os quatro réus, Rana Ilyas, Mohamad Isman Safi, Hamees Afzal e Tahsinula Jan, foram detidos em Islamabad e na cidade vizinha de Rawalpindi um mês depois do atentado. Seu julgamento durou um ano e meio.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host