UOL Notícias Notícias
 

05/05/2010 - 13h55

Latino-americanos pedem à Espanha que investigue crimes do passado

Cinco países latino-americanos pediram à Espanha que investigue os crimes do passado, durante o Exame Periódico Universal (EPU), um mecanismo de controle das Nações Unidas sobre Direitos Humanos, em sessão realizada nesta quarta-feira, em Genebra.

"Em conformidade com suas obrigações internacionais (a Espanha deve) investigar, punir e reparar delitos de desaparecimento forçado de pessoas, sem importar o tempo em que tenha iniciado sua comissão, em atenção ao caráter contínuo do delito", recomendou o México à Espanha, em uma declaração de teor similar às realizadas pela Argentina, Peru, Colômbia e Cuba.

Desta maneira, se alude à suposta interrupção das investigações do Supremo Tribunal da Espanha, ao questionar as diligências inicidas pelo juiz Baltasar Garzón sobre os crimes do franquismo, imperante na España de 1939 a 1975.

No Exame Periódico Universal podem participar os 192 Estados membros da ONU, os quais são convidados a se refereir a respeito da totalidade dos direitos humanos o país examinado, em um debate oral que dura três horas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h09

    0,20
    3,179
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h12

    -0,17
    64.750,55
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host