UOL Notícias Notícias
 

06/05/2010 - 06h44

Governo colombiano condena ameaças contra candidato da oposição

O presidente colombiano Alvaro Uribe condenou na noite de quarta-feira as ameaças de morte na rede social da internet Facebook contra o candidato à presidência do Partido Verde, Antanas Mockus, que aparece como favorito nas pesquisas para as eleições 30 de maio.

"Penso que é extremamente grave, que isto precisa de uma punição exemplar, propor o assassinato de um cidadão, neste caso um colombiano que aspira à Presidência da República, e utilizar estas ferramentas da Internet", disse Uribe.

Uma comunidade foi criada no Facebook com o nome "Me comprometo a matar Antanas Mockus antes de 30 de maio". O acesso à página foi bloqueado na quarta-feira.

O governo prometeu investigar o caso e punir os responsáveis.

"Todas as medidas de segurança estão sendo adotadas, mas queremos insistir na mensagem de Antanas: prudência mas não medo", declarou Héctor Riveros, diretor de comunicação da campanha de Mockus.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host