UOL Notícias Notícias
 

07/05/2010 - 07h00

Ex-dirigentes do partido de Suu Kyi criarão outro partido

Ex-líderes do partido da líder opositora birmanesa Aung San Suu Kyi, dissolvido depois que a formação se recusou a participar nas próximas eleições legislativas, decidiram criar uma nova organização política e registrá-la para a votação.

"Tomamos a decisão de formar um partido político", declarou Khin Maung Swe, ex-membro do comitê central executivo da Liga Nacional para a Democracia (LDN).

"Devemos esperar a resposta dos ex-membros da LND nos outros estados do país, mas espero que possamos registrar o partido ainda este mês", completou.

Em 29 de março, a LND anunciou que boicotaria as eleições legislativas, as primeiras em 20 anos em Mianmar. A participação do partido estava condicionada à expulsão da Prêmio Nobel da Paz, que está em prisão domiciliar, o que Aung San Suu Kyi não aceitou, nem os dirigentes da formação.

Como não se registrou para as eleições, o partido foi automaticamente dissolvido pela junta militar que governa o país.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host