UOL Notícias Notícias
 

08/05/2010 - 16h12

Laura Chinchilla assume a presidência da Costa Rica

A social-democrata Laura Chinchilla se tornou neste sábado a primeira mulher a assumir a Presidência da Costa Rica, em uma cerimônia assistida por milhares de costarriquenhos e representantes de governos estrangeiros.

"Sim juro", disse a presidente ao prometer respeitar a Constituição.

Chinchilla recebeu a faixa presidencial que estava com seu mentor político e prêmio Nobel da Paz, o agora ex-presidente Oscar Arias, das mãos do presidente da Assembleia Legislativa, Luis Gerardo Villanueva.

"Meu governo representará todas e todos", prometeu esta mãe de família (um filho) de 51 anos, vestida de branco, pouco depois de ter recebido a faixa.

"Trabalharemos por uma Costa Rica mais próspera e competitiva", acrescentou diante de cerca de 5.800 costarriquenhos, dos presidentes da América Central, da Colômbia, do Equador, do México, da Geórgia e do príncipe herdeiro da Espanha, Felipe.

Esta especialista em segurança, de 51 anos, que venceu as eleições de 7 de fevereiro pelo Partido Libertação Nacional (PLN, centroesquerda), se tornou a primeira mulher a chegar à presidência da Costa Rica e a terceira na América Central, depois da nicaraguense Violeta Chamorro e da panamenha Mireya Moscoso.

Entre suas promessas de campanha estão a redução da pobreza e da insegurança crescente nesse país normalmente considerado uma ilha de paz em uma região mergulhada na violência.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host