UOL Notícias Notícias
 

09/05/2010 - 09h14

Quatro aeroportos do norte da Espanha fechado por cinzas vulcânicas

Quatro aeroportos do norte da Espanha permacerão fecahdos até as 16H00 local (11H00 de Brasília) deste domingo devido à nuvem de cinzas do vulcão islandês Eyjafj¶ll, anunciou o Aeroportos Espanhois e Navegação Aérea (AENA), a autoridade espanhola de controle aéreo.

Os aeroportos de Santiago de Compostela, Vigo e La Coruña, que deviam abrir às 11H00 (06H00 de Brasília) desta manhã, continuarão fechados, como o de Salamanca, que voltou a suspender suas operações depopis de algumas horas de funcionamento.

Todos os voos estavam suspensos neste domingo até as 09h00 de Brasília no aeroporto português do Porto (norte) e vários aeroportos do norte italiano.

A companhia aérea de Açores SATA anunciou neste sábado à noite o cancelamento de todos os voos programados até domingo ao meio-dia no arquipélago português situado no Atlântico, em razão da nuvem de cinzas expelidas pelo vulcão islandês Eyjafj¶ll.

Em um comunicado citado pela agência de notícias portuguesa Lusa, a SATA indicou que uma nova avaliação da situação será feita no domingo às 12h00 locais (09h00 de Brasília).

Segundo a Agência portuguesa de Navegação Aérea (NAV), a presença da nuvem na região de Açores também deverá provocar perturbações no tráfego aéreo transatlântico e os aviões terão de "modificar seus planos de voo" e "tomar as rotas mais ao sul".

A nuvem de cinzas do vulcão islandês Eyjafj¶ll perturbou neste sábado o tráfego aéreo na Espanha, em Portugal e em parte do Atlântico, e também no sul da França.

"A nuvem perturba também as rotas habituais dos voos entre a América, a Europa e a Ásia", e obriga a levá-las "para o centro da Península Ibérica", indicou a autoridade aeroportuária espanhola Aena.

A nuvem de cinzas, que atinge atualmente uma vasta faixa que vai do Atlântico à Península Ibérica, poderá "se dividir nas próximas horas", "com uma parte se deslocando para o leste da Península Ibérica, e outra para o oeste", acrescentou a NAV.

A Eurocontrol, organização europeia de navegação aérea, confirmou que o tráfego aéreo enfrentava perturbações crescentes. A nuvem de cinzas "modifica as rotas habituais entre a América, a Europa e a Ásia, que são desviadas para o sul para evitar as zonas afetadas do Atlântico Norte", indicou o Ministério espanhol do Desenvolvimento espanhol.

As perturbações afetam particularmente os voos das companhias de baixo custo, segundo as informações divulgadas no site da administração dos aeroportos portugueses (www.ana.pt), que indica também vários atrasos.

Na França, cinquenta voos foram cancelados neste sábado, em razão dos fechamentos do espaço aéreo ibérico - trinta nos aeroportos parisienses de Roissy e Orly e vinte em Marselha (sul) e Bordeaux (oeste).

Para este domingo, a aviação civil prevê um tráfego aéreo "normal". Um voo de avaliação foi efetuado por um avião da Air France e "nenhuma irregularidade foi constatada". "Todos os aeroportos franceses serão abertos amanhã e prevemos um tráfego normal", indicou um porta-voz.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h30

    0,09
    3,268
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h32

    -0,63
    63.681,10
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host