UOL Notícias Notícias
 

09/05/2010 - 15h14

Sarkozy e Obama a favor de resposta ampla para desordens dos mercados

O presidente francês Nicolas Sarkozy e seu colega americano Barack Obama concordaram neste domingo, numa conversa por telefone, sobre a necessidade de uma resposta ampla às atuais desordens que afetam os mercados, segundo comunicado da presidência francesa.

Pouco antes, Sarkozy e a chanceler alemã Angela Merkel, em outro telefonema, constataram seu acordo total sobre as medidas que devem ser anunciadas neste domingo, em Bruxelas, pelos ministros das Finanças do Eurogrupo para fazer frente à crise da zona euro.

Obama também ligou neste domingo para a chanceler alemã, pela segunda vez em três dias, recomendando medidas enérgicas da União Europeia (UE) para tranquilizar os mercados e aplacar a crise da dívida, indicou a Casa Branca.

"O presidente Barack Obama falou com a chanceler Merkel esta manhã como parte de seu contínuo interesse no que diz respeito à situação da economia europeia", afirmou o segundo porta-voz da Casa Branca, Bill Burton.

"Eles discutiram a importância de que os membros da União Europeia tomem medidas a fim de construir a confiança no mercado", acrescentou.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h00

    0,32
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h03

    1,72
    63.739,97
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host