UOL Notícias Notícias
 

12/05/2010 - 06h51

Catástrofe aérea na Líbia tem apenas um sobrevivente e mais de 100 mortos

TRIPOLI, Líbia, 12 Mai 2010 (AFP) -Um menino holandês de oito anos é o único sobrevivente da queda de um avião da companhia líbia Al Afriquiyah, um Airbus A330, nesta quarta-feira no aeroporto internacional de Trípoli, com mais de 100 pessoas a bordo.

Um total de 104 pessoas - 93 passageiros e 11 tripulantes - estavam a bordo do avião, segundo o site da empresa líbia.

O acidente aconteceu às 6H00 locais (1H00 de Brasília) no momento do pouso. O avião chegava a Trípoli procedente de Johannesburgo, África do Sul.

O menino holandês que sobreviveu à tragédia foi levado para um hospital próximo do aeroporto.

O ministério das Relações Exteriores da Holanda confirmou que vários cidadãos do país estavam a bordo do avião da Al Afriqiyah, mas não confirmou que um menino holandês era o único sobrevivente da catástrofe.

"No momento temos indicações claras de que vários cidadãos holandeses estavam a bordo do avião", declarou à AFP Christoph Prommersberger, porta-voz do ministério.

Mais cedo, uma fonte dos serviços de segurança havia anunciado a morte de todos os passageiros e tripulantes.

Fontes da companhia aérea Al Afriqiyah confirmaram que o acidente aconteceu no momento do pouso.

O ministro líbio dos Transporte, Mohamed Zidane, descartou a hipótese de um atentado terrorista no acidente do Airbus A330.

"Nós descartamos de forma definitiva a hipótese de que o acidente seja o resultado de um ato terrorista", declarou Zidane em uma entrevista coletiva.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host