UOL Notícias Notícias
 
13/05/2010 - 22h24 / Atualizada 13/05/2010 - 22h29

Manifestantes pedem que Lula pressione Irã por direitos humanos

SÃO PAULO, 13 Mai 2010 (AFP) -Um grupo de 200 organizações de defesa dos direitos civis realizou uma manifestação nesta quinta-feira na Assembleia Legislativa de São Paulo para pedir interferência do governo brasileiro no combate às violações aos direitos humanos no Irã.

Dezenas de pessoas participaram do protesto, organizado por entidades de defesa dos direitos dos homossexuais, da liberdade religiosa, associações israelitas, de religiosos bahá'ís, entre outras.

Lula estará no Irã em 16 e 17 de maio, quando terá encontros com o presidente Mahmoud Ahmadinejad e com o líder supremo do país, o aiatolá Ali Khamenei.

Na última segunda-feira, a Frente pela Liberdade no Irã entregou uma carta ao ministro dos Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, na qual pediu que Lula negociasse diretamente com as autoridades iranianas a libertação de sete líderes bahá'ís presos há três anos em Teerã.

Surgida na Pérsia no século XVIII, a Fé Baha'í é independente do islamismo. Conta atualmente com 7 milhões de seguidores no mundo, sendo 57 mil no Brasil e 350 mil no Irã.

"Queremos que Lula aborde a questão dos direitos humanos, e não apenas temas comerciais na visita", afirma Flavio Rassekh, representante da Comunidade Bahaâ??í no Brasil.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host