UOL Notícias Notícias
 
15/05/2010 - 18h59 / Atualizada 15/05/2010 - 19h07

Chile processa paquistanês detido na embaixada americana

SANTIAGO, 15 Mai 2010 (AFP) -Um cidadão paquistanês preso no Chile na segunda-feira depois de tentar entrar na embaixada americana com vestígios de explosivos foi processado neste sábado por manejo ilegal de explosivos, mas não por infração à lei antiterrorista, disse à AFP uma fonte judicial.

Mahuhannas Saif ur Rehnab, estudante de hotelaria de 28 anos, "foi acusado de manejo ilegal de explosivos, mas não de infrçaão à lei antiterrorista" durante uma audiência em uma corte de Santiago, disse uma fonte judicial que pediu para não ser identificada.

O processo ocorre depois que a procuradoria e a defesa de Mohamed Saif ur Rehman Khan chegaram a um acordo na audiência a portas fechadas realizada no sábado.

Na segunda-feira, Saif tentou entrar na sede diplomática dos Estados Unidos no Chile com restos de uma substância explosiva em suas roupas e em seu celular, o que provocou sua prisão.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host