UOL Notícias Notícias
 
15/05/2010 - 16h14 / Atualizada 15/05/2010 - 16h29

Premiê português pede 'esforço patriótico' após corte de gastos

Lisboa, 15 Mai 2010 (AFP) -O primeiro-ministro português, José Socrates, lançou neste sábado um chamado aos portugueses para que façam "um esforço patriótico", depois de ter anunciado na quinta-feira novas medidas de austeridade destinadas a acelerar a redução do déficit público.

"Sei que todos os portugueses estão dispostos a fazer um esforço. Pedimos a todos um esforço nacional, coletivo, patriótico", declarou Sócrates à imprensa.

"É importante que todos dêem uma pequena contribuição. Todos os portugueses de boa vontade compreendem que é o momento de fazer esse esforço", completou.

O chefe do governo socialista anunciou na quinta-feira que esperava reduzir o déficit público de 9,4% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2009 para 4,6% em 2011, mediante alta de impostos e corte de gastos.

Entre as medidas está o aumento em um ponto percentual na taxa do Imposto sobre Valor Agregado (IVA), a alta dos impostos sobre a renda das famílias e sobre o lucro das grandes empresas, e uma redução de 5% dos salários dos políticos.

Esse novo ajuste de contas foi justificado pela necessidade de restaurar a credibilidade de Portugal, considerado um Estado frágil da zona do euro.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host