UOL Notícias Notícias
 
17/05/2010 - 19h53 / Atualizada 17/05/2010 - 20h09

EUA: diretor de agência ligada ao vazamento de petróleo aposenta-se

WASHINGTON, 17 Mai 2010 (AFP) -Chris Oynes, diretor responsável pelo setor de controle da exploração de energia no mar do Serviço de Gerenciamento de Minerais dos Estados Unidos (MMS, da sigla em inglês) - agência federal acusada de ter sido leniente com as petroleiras, abrindo caminho para o desastre do Golfo do México - anunciou sua aposentadoria nesta segunda-feira, informou o órgão.

"Depois de 35 anos de serviço, ele irá aposentar-se", informou um funcionário do Departamento do Interior, que inclui o MMS.

Oynes foi nomeado em 2007 diretor associado do programa de exploração de energia mineral no mar do MMS, com responsabilidades que incluiam controlar os programas de exploração de petróleo e gás fora do continente.

A decisão ocorre em um momento em que a agência é criticada por ter sido muito leniente com as empresas petroleiras em suas inspeções da exploração de petróleo no mar, e de ser muito próxima das companhias as quais é encarregada de fiscalizar.

Depois do vazamento de petróleo no Golfo do México, quando uma plataforma de exploração rompeu-se e continua expelindo óleo na água do mar, o presidente americano, Barack Obama, anunciou que a agência regulatória seria dividida em duas entidades separadas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host