UOL Notícias Notícias
 
17/05/2010 - 16h08 / Atualizada 17/05/2010 - 16h13

UE-Mercosul: protecionismo também é 'subsídio de produções' (Kirchner)

MADRI, 17 Mai 2010 (AFP) -A presidente argentina, Cristina Kirchner, afirmou nesta segunda-feira em Madri que durante as próximas negociações para um acordo de livre-comércio entre a UE e o Mercosul deverá ser abordado o protecionismo "em toda sua extensão", incluindo os "subsídios de produtos".

"Devemos abordar o conceito de protecionismo em toda sua extensão, alguns creem que se encontram nas chegadas aos portos", mas também é "subsidiar as produções", disse Kirchner, em uma alusão à ajuda pública que a UE concede aos seus agricultores.

Kirchner fez essas declarações no fim de uma cúpula entre a União Europeia (UE) e o Mercosul (Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai), na qual foi decidida a retomada das negociações para um tratado de livre-comércio, suspensas desde 2004.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,40
    3,181
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    2,01
    70.011,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host