UOL Notícias Notícias
 
20/05/2010 - 08h58 / Atualizada 11/06/2010 - 14h06

Justiça europeia deixa o lince ibérico num beco sem saída

Luxemburgo, 20 Mai 2010 (AFP) -O lince ibérico terá que aprender a atravessar uma estrada como qualquer pedestre se quiser sobreviver depois de uma decisão da Corte Europeia de Justiça (CEJ) que, nesta quinta-feira, autorizou que seja mantida em serviço uma estrada localizada em seu último abrigo no parque natural de Doñana (Andaluzia, sul da Espanha).

Ante o requerimento da Comissão Europeia, que considerava que a estrada fragmentaria o hábitat desta espécie em vias de extinção e exporia os jovens felinos a um perigo de morte por atropelamento, a CEJ considerou que não há provas de esta estrada possa provocar o desaparecimento do lince ibérico.

De acordo com cifras oficiais, entre 2000 e outubro de 2004 dois linces morreram nessa vida. Mas, segundo a ONG World Wide Fund (WWF), pelo menos 20 linces perderam a vida nessa via de comunicação considerada ilegal pelas organizações ecológicas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    -0,22
    3,175
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    1,12
    65.403,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host