UOL Notícias Notícias
 
20/05/2010 - 06h46 / Atualizada 20/05/2010 - 07h01

Malauí condena casal gay a 14 anos de prisão

BLANTYRE, 20 Mai 2010 (AFP) -Um tribunal do Malauí condenou nesta quinta-feira a 14 años de prisão, a pena máxima prevista pelo Código Penal, dois homossexuais considerados culpados de "violar a ordem da natureza", depois que eles organizaram a primeira cerimônia simbólica de casamento gay do país.

Um tribunal de Blantyre considerou Tiwonge Chimbalanga, de 20 anos, e Steven Monjeza, de 26, culpados de "violar a ordem da natureza". O homossexualismo é proibido neste país extremamente conservador da África austral.

Chimbalanga e Monjeza foram detidos no dia 28 de dezembro em Blantyre, a capital econômica do país, dois dias depois de terem organizado uma cerimônia simbólica de casamento gay.

A prisão do casal provocou a indignação de várias organizações de defesa dos direitos humanos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host