UOL Notícias Notícias
 
24/05/2010 - 19h44 / Atualizada 24/05/2010 - 20h05

Americano acusado de assassinar brasileira foge do México

MÉXICO, 24 Mai 2010 (AFP) -O produtor americano Bruce Beresford-Redman, suspeito do assassinato de sua mulher, a brasileira Mônica Burgos, no balneário mexicano de Cancún (leste do país), saiu do México e está nos Estados Unidos, informou seu advogado, Raúl Cárdenas, à AFP nesta segunda-feira.

Beresford-Redman "tomou a decisão de retornar a seu país", disse Cárdenas em entrevista por telefone, explicando que as autoridades de Quintana Roo, estado em que Cancún está localizado, demoraram muito na investigação.

"Ele tem compromissos, tem trabalho, tem família e não podia esperar mais", completou.

O corpo de Mónica Burgos foi encontrado no dia 8 de abril em uma caixa d'água de um luxuoso hotel de Cancún, depois de Bruce ter denunciado seu desaparecimento.

Bruce Beresford-Redman é o principal suspeito do crime e foi colocado em liberdade provisória, mas estava proibido de sair do México.

A procuradoria local reteu o passaporte do produtor americano, um dos criadores do programa "Survivor", para evitar que ele saísse do país.

O produtor foi preso, mas em 9 de abril foi entregue ao consulado americano.

O advogado explicou que o passaporte não é um documento indispensável para que ele entrasse no país, "bastava que acreditassem em sua nacionalidade", lembrou, enquanto o consulado não tem obrigação de custodiar seus cidadãos.

Bruce não deverá retornar ao México caso um juiz peça que ele testemunhe no caso ou seja declarado culpado, porque seria preso e "lhe convém defender-se em liberdade", argumentou Cárdenas. "O único caminho para retornar ao México é a extradição", concluiu.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,84
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,35
    68.594,30
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host