UOL Notícias Notícias
 
25/05/2010 - 13h26 / Atualizada 25/05/2010 - 13h56

Coreia do Norte anuncia rompimento de relações com Seul

Seul, Coreia do Sul, 25 Mai 2010 (AFP) -A Coreia do Norte decidiu nesta terça-feira romper todas as relações e comunicações com a Coreia do Sul, além de anular um acordo de não-agressão, para protestar contra as acusações feitas ao país pelo torpedo lançado contra um navio de guerra sul-coreano, informou a agência de notícias oficial do país, KCNA.

No texto, o Comitê de Estado para a reunificação pacífica da Coreia anunciou, também, que serão expulsos todos os sul-coreanos que trabalham no complexo industrial de Kaesong, localizado ao norte da linha de demarcação que separa os dois países, ainda que seja financiado por Seul.

Todos os navios e aviões sul-coreanos terão acesso proibido às águas territoriais e ao espaço aéreo aéreo norte-coreano, explicou a KCNA em despacho recebido em Seul.

Na sexta-feira passada, uma comissão de investigação internacional concluiu que a corveta "Cheonan", que afundou do dia 26 de março em frente à ilha de Baengnyeong registrando 46 mortos, foi vítima de um torpedo disparado por um submarino norte-coreano. Seul anunciou, depois, que as acusações feitas por Pyongyang equivalem a uma declaração de guerra.

A Coreia do Norte acusou Seul de ter "fabricado" provas e afirmou que os países estavam "próximos da guerra".

A Coreia do Norte foi considerada responsável por investigadores internationais do naufrágio da corveta Cheonan.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host