UOL Notícias Notícias
 
28/05/2010 - 12h40 / Atualizada 28/05/2010 - 12h54

Lula condena práticas protecionistas das nações ricas

RIO DE JANEIRO, 28 Mai 2010 (AFP) -O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu organizações multilaterais mais vigorosas e condenou as práticas protecionistas das grandes potências no discurso de abertura do III Fórum do Encontro de Civilizações do Rio de Janeiro (27-29 de maio).

"A crise financeira que se abateu sobre todos mostrou o quão necessário será contar com organizações multilaterais vigorosas à altura de um mundo cada vez mais diverso e multipolar", afirmou Lula.

No entanto, o presidente brasileiro lamentou as práticas protecionistas de alguns países.

"Constatamos grande resistência a mudanças. Incapazes de assumir seus próprios erros, alguns governantes buscam transferir o ônus da crise para os mais fracos, adotam medidas protecionistas que oneram bens e serviços exportados para países em desenvolvimento", acrescentou.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h29

    -0,61
    3,263
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h37

    1,49
    64.170,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host