UOL Notícias Notícias
 
31/05/2010 - 17h30 / Atualizada 31/05/2010 - 17h34

Gaza: metade da população vive abaixo da linha da pobreza

GAZA, Territórios Palestinas, 31 Mai 2010 (AFP) -A Faixa de Gaza, destino da frota internacional de ajuda humanitária que a marinha israelense atacou na segunda-feira, é um enclave palestino pobre e superpovoado controlado pelo Hamas e submetido a um forte bloqueio por parte de Israel.

Nesse pequeno território de 352 km2, situado junto ao Mediterrâneo, a sudoeste de Israel e na fronteira com o Egito, vivem 1,5 milhão de palestinos. Trata-se de uma das maiores densidades demográficas do mundo.

Oitenta por cento da população de Gaza depende da ajuda internacional para sobreviver. Segundo dados oficiais palestinos, mais da metade dos habitantes vive abaixo da linha da pobreza e ao menos 40% da população ativa não tem emprego.

A Faixa de Gaza é uma região costeira de 45 km de comprimento e de 6 a 10 km de largura, desprovida de recursos naturais. Sofre uma escassez crônica de água e quase não tem indústria.

A situação econômica e humana agravou-se ainda mais a partir de junho de 2007, quando o Hamas (acrônimo em árabe para Movimento de Resistência Islâmica) tomou o poder, expulsando do território os partidários do presidente Mahmoud Abbas.

Em represália, Israel, que tinha evacuado Gaza unilateralmente em 2005, submeteu o território a um férreo bloqueio, inclusive marítimo, salvo para produtos de primeira necessidade.

Depois da retirada de 8.000 colonos em 2005, Israel manteve o controle do espaço aéreo, das águas territoriais, do tráfego de mercadorias e do movimento da população.

O único ponto de acesso a Gaza que escapa ao controle israelense é o terminal de Rafah, na fronteira com o Egito, mas o governo egípcio o mantém na maior parte do tempo fechado.

A única via de mercadorias para Gaza são os diversos túneis de contrabando escavados abaixo da fronteira com o Egito.

Durante várias décadas, em torno de 8.000 colonos israelenses viveram ali em 21 colônias, sob a proteção do Exército hebreu, antes da retirada unilateral ocorrida no segundo semestre de 2005.

Gaza, a principal base do Hamas, tornou-se desde março de 2006 a sede de fato do governo palestino, dominado pelo movimento islâmico depois de sua vitória eleitoral. A Autoridade Palestina está instalada em Ramalah (Cisjordânia).

Em torno de 900.000 habitantes são refugiados ou descendentes de refugiados que se instalaram neste território depois da fuga ou expulsão de seus lares durante a guerra árabe-israelense de 1948.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,84
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,35
    68.594,30
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host