UOL Notícias Notícias
 
01/06/2010 - 16h25 / Atualizada 01/06/2010 - 19h54

Tempestade Agatha deixa 300 mortos e desaparecidos na América Central

Na Guatemala

A tempestade Agatha deixou cerca de 300 mortos e desaparecidos nesse final de semana na América Central, a grande maioria na Guatemala, indicaram nesta terça-feira as autoridades locais.


As chuvas mataram 152 pessoas na Guatemala e 100 foram consideradas desaparecidas, apenas algumas horas após a erupção do vulcão Pacaya (dois mortos e três desaparecidos), segundo o Centro de Coordenadoria Nacional para Redução de Desastres (Conred).

No total, 155.000 habitantes tiveram que deixar suas casas, situadas em áreas de risco.

A Conred permanece em estado de alerta, já que várias aldeias ainda estão isoladas pela lama ou por construções desabadas, situação que indica que o registro de mortos ainda pode aumentar.

Na vizinha Honduras, a Comissão Permanente de Situações de Urgência (Copeco) anunciou na segunda-feira à tarde a morte de 17 pessoas e a evacuação de 3.000.

Em El Salvador, a Defesa Civil registrou dez mortos e dois desaparecidos. O presidente Mauricio Funes decretou "alerta vermelho" em todo o território nacional e classificou a situação de "crítica".

 

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h28

    0,24
    3,137
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h33

    -0,53
    75.603,74
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host