UOL Notícias Notícias
 
03/06/2010 - 11h53 / Atualizada 03/06/2010 - 11h59

Al-Qaeda ameaça sequestrar príncipes sauditas

DUBAI, 3 Jun 2010 (AFP) -O número dois do grupo terrorista Al-Qaeda na Península Árabe (AQPA) ameaçou sequestrar os príncipes e líderes sauditas para obter a libertação de uma militante de alto nível na Arábia Saudita, em uma gravação divulgada na quinta-feira em uma página da Internet.

Said al Shihri, sediado no Iêmen e ex-preso de Guantánamo, pediu aos partidários da Al-Qaeda que arrecadassem informações e incitassem os muçulmanos a "formar células para sequestrar cristãos, príncipes da família Al-Saud e os grandes líderes, entre eles, ministros e oficiais".

"Dizemos a nossos soldados que façam esses sequestros para libertar os prisioneiros", inclusive Haila al Kosair, presa, segundo ele, em Buraida, na região de Al-Qasim, norte de Riad.

Ela é viúva de um membro da Al-Qaeda que morreu em uma operação de segurança das autoridades sauditas há seis anos. Está envolvida na contratação e no financiamento de células da Al-Qaeda, segundo a emissora Al-Arabiya, sediada em Dubai.

Said al Shihri também deplorou o fato de esta prisão, da qual não detalhou a data ou as circunstâncias, "apenas ter provocado poucas reações em Al-Qasim e no conjunto da península árabe".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host