UOL Notícias Notícias
 
03/06/2010 - 19h56 / Atualizada 03/06/2010 - 20h34

Obama e governadora do Arizona discutem polêmica lei anti-imigração

WASHINGTON, 3 Jun 2010 (AFP) -O presidente americano, Barack Obama, e a governadora do Arizona, Jan Brewer, discutiram esta quinta-feira a polêmica lei anti-imigração promulgada neste estado fronteiriço com o México e sobre a necessidade de abordar ao nível nacional uma reforma do sistema de imigração.

"O presidente e a governadora concordaram em que a falta de ação para reparar o sistema ao nível federal é inaceitável", destacou a Casa Branca em comunicado divulgado após uma reunião entre ambos.

Obama pediu à governadora republicana que se una a seus esforços para obter uma reforma migratória integral, acrescentou o texto.

"Falamos de um possível caminho para uma melhor reforma migratória, na qual ele (Obama) se sente muito envolvido", disse a governadora posteriormente à imprensa.

"Informei que nos haviam prometido essa informação previamente e que não houve sucesso. Deram uma anistia às pessoas, mas nunca pusemos a fronteira sob controle", acrescentou Brewer.

A governadora promulgou em 23 de abril uma lei aprovada pelo Congresso estadual, que transformou a imigração ilegal em um delito no Arizona.

A norma legal, conhecida como SB 1070, obriga a polícia a pedir os papéis de qualquer pessoa sob a "dúvida razoável" de que seja um ilegal.

Obama considerou a medida "errônea".

"O presidente (Obama) reiterou sua preocupação com esta medida, inclusive o fato de que uma mistura de diferentes regulamentos de imigração em todo o país possa interferir com a responsabilidade do governo federal", explicou a Casa Branca.

Obama, no entanto, disse à governadora que deixava nas mãos do Departamento de Justiça a possibilidade de impugná-la na Justiça, segundo Brewer.

O presidente só se comprometeu a enviar funcionários para discutir temas relacionados com a lei e com a mobilização de grande parte dos 1.200 soldados da Guarda Nacional que prometeu para a fronteira sul, disse Brewer.

Dezenas de pessoas protestaram nos arredores da Casa Branca contra a visita da governadora.

A maioria dos americanos apóia a aprovação da lei SB 1070, segundo várias pesquisas, embora organizações em prol da reforma migratória destaquem que as consultas também indicam uma tendência favorável a uma reforma integral.

Vivem nos Estados Unidos 11 milhões de imigrantes ilegais, dois terços dos quais são hispânicos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host