UOL Notícias Notícias
 
04/06/2010 - 17h36 / Atualizada 04/06/2010 - 17h46

Patrimônio do presidente uruguaio é um Fusca 1987

MONTEVIDÉU, 4 Jun 2010 (AFP) -Um velho Fusca 1987 é o único patrimônio declarado pelo presidente do Uruguai, José Mujica, um ex-guerrilheiro que cultiva um estilo desalinhado e austero, o que o situa entre os chefes de Estado mais pobres da região.

O único bem que Mujica, de 75 anos, tem em seu nome é este Volkswagen avaliado em 37.500 pesos (1.945 dólares), segundo declaração apresentada em 31 de maio na Junta de Transparência e Ética Pública, publicada no Diário Oficial.

"Pepe" Mujica declarou como única renda o salário de presidente, de quase 230.000 pesos (11.900 dólares), dos quais destina quase 70% como aporte a seu partido, a Frente Ampla, e a um fundo para um plano de moradia que ele impulsiona.

O presidente disse recentemente que fica com apenas 30.000 pesos (1.550 dólares) mensais, comentando: "por sorte por enquanto tenho minha esposa que 'banca'" as despesas.

Caracterizado pelo estilo informal e o linguajar popular, Mujica continua vivendo em uma chácara de Rincón del Cerro, zona rural do oeste de Montevidéu, ao lado da esposa, a ex-tupamara e senadora Lucía Topolansky, proprietária do local, segundo sua própria declaração de bens.

Ali, o casal de ex-guerrilheiros, que não tem filhos, cultiva flores e planta acelgas e outras hortaliças.

O presidente não tem conta bancária em seu nome, nem dívidas, embora segundo o canal de TV local devesse a licença de seu carro por vários anos, entre 2004 e 2009. Mujica saldou esta dívida em janeiro deste ano, antes de assumir a Presidência.

"Não temos cartões, nem contas bancárias. Somos antiquados", disse à mídia local Topolansky, que como legisladora recebe um salário de 86.300 pesos (4.500 dólares), parte do qual também envia a seu partido político.

Comparado a outros presidentes da região, Mujica está entre os mais austeros.

A fortuna do presidente chileno e empresário Sebastián Piñera foi avaliada em 2,2 bilhões de dólares pela revista Forbes, enquanto a presidente argentina Cristina Kirchner e seu marido tinham, no início deste ano, um patrimônio de 13,3 milhões de dólares.

O presidente mexicano Felipe Calderón, por sua vez, declarou em 2006, ao se apresentar à Presidência, um patrimônio conjunto com a esposa de mais de 8,6 milhões de pesos (800.000 dólares no câmbio da época), enquanto o brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva declarou no mesmo ano bens no valor de 839.033 reais (385.585 dólares no câmbio de 2006).

Nos Estados Unidos, o presidente americano e sua esposa, Michelle, declararam no ano passado renda de 5,5 milhões de dólares anuais, dos quais pagaram 1,79 milhão em impostos federais.

Mujica foi o primeiro tupamaro a entrar na Câmara de Deputados, em 1995. No primeiro dia, chegou ao Legislativo em uma moto Vespa, vestido informalmente, e um policial que vigiava o local, perguntou: "vai demorar muito, senhor?"

"Eu trabalho aqui", foi a resposta do agora presidente, que viveu na clandestinidade desde 1969, participou de uma fuga maciça de 111 presos, em setembro de 1972 - após a derrota militar da guerrilha -, foi preso político da ditadura (1973-1985) até sua libertação em 1985, no âmbito de uma anistia.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host