UOL Notícias Notícias
 
07/06/2010 - 17h05 / Atualizada 07/06/2010 - 18h01

Comissário da ONU contra impunidade na Guatemala renuncia

GUATEMALA, 7 Jun 2010 (AFP) -O jurista espanhol Carlos Castresana anunciou nesta segunda-feira ter renunciado ao cargo de diretor da comissão da ONU para a luta contra a impunidade no Poder Judiciário da Guatemala, depois de alegar que tanto ele como a Comissão Internacional contra a Impunidade (Cicig) são vítimas de "ataques sistemáticos".

"Sinto que já não posso fazer nada mais pela Guatemala, por isso, apresentei minha renúncia ao secretário-geral da ONU", Ban ki-moon, disse Castresana em coletiva de imprensa, depois de esclarecer que a decisão já foi aceita e que nos próximos dias seu sucessor será nomeado.

Castresana assegurou que o pessoal da Cicig, a entidade e ele próprio são "objeto de ataques sistemáticos por parte de grupos que querem continuar no poder".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host