UOL Notícias Notícias
 
09/06/2010 - 17h05 / Atualizada 09/06/2010 - 17h17

EUA: novas sanções enviam mensagem direta ao Irã

WASHINGTON, 9 Jun 2010 (AFP) -O presidente americano, Barack Obama, afirmou nesta quarta-feira que as novas sanções adotadas pela ONU contra o Irã pelo seu programa nuclear enviam uma "mensagem inequívoca" às autoridades de Teerã, anunciando, no entanto, que o diálogo diplomático ainda é possível.

"Essa resolução vai colocar em prática as sanções mais firmes já impostas ao governo iraniano, deixando claro o compromisso da comunidade internacional em relação ao fim da propagação de armas nucleares", disse Obama.

O presidente americano está consciente de que essas sanções não farão com que o Irã mude seu posicionamento da noite para o dia, mas espera que, para o bem do povo do país, as autoridades iranianas mudem de ótica.

"A votação de hoje ilustra o crescente custo que acompanha as intransigências iranianas", disse Obama, logo após a aprovação da quarta série de punições contra o país pelo Conselho de Segurança.

O presidente americano ainda acrescentou, repetindo quase palavra por palavra do posicionamento dos "Seis" que tratam da crise nuclear iraniana: "preciso deixar claro que essas sanções não fecham as portas da via diplomática".

A ONU já votou outras sanções contra o país em dezembro de 2006, março de 2007 e março de 2008. A comunidade internacional suspeita de que Teerã esteja realizando pesquisas para o desenvolvimento de armas nucleares a pretexto de um programa civil.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h29

    0,25
    3,165
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h30

    0,38
    74.724,69
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host