UOL Notícias Notícias
 
11/06/2010 - 12h45 / Atualizada 11/06/2010 - 14h04

Gay Pride: dezenas de milhares de israelenses em Tel Aviv

TEL AVIV, 11 Jun 2010 (AFP) -Dezenas de milhares de israelenses participaram nesta sexta-feira, num clima de festa, da parada Gay Pride, em Tel Aviv, organizada desde 1988 pela prefeitura.

Em meio a um forte calor, 'drag queens', militantes dos direitos cívicos, homossexuais dos dois sexos, com roupas provocantes, e heteros vindos com a família, percorreram as ruas da cidade balneária, agitando bandeiras nas cores do arco-íris e de Israel, ao som de muita música.

Segundo a imprensa israelense, cerca de 100.000 pessoas participaram do desfile, um recorde de afluência para o acontecimento que tem como divisa, este ano, o versículo bíblico "amarás o próximo como a ti mesmo".

"A aceitação da diferença faz a nossa força", declarou, durante um pronunciamento no início da manifestação, a líder do partido Kadima (centrista, oposição), Tzipi Livni.

Pela primeira vez, um grupo "alternativo" de gays e lésbicas usou o slogan "pelos direitos iguais em todas as comunidades", em referência à discriminação sofrida pela minoria árabe de Israel.

Muitos policiais foram mobilizados para proteger os manifestantes, e várias grandes artérias da cidade foram fechadas.

Ao contrário de Jerusalém, Tel Aviv tem a reputação de ser uma cidade muito liberal do ponto de vista dos costumes.

Apesar da hostilidade causada pelos homossexuais, nos círculos religiosos em Israel, a homossexualidade não pode ser penalizada desde 1988 e alguns direitos dos casais gays ou lésbicas são reconhecidos pelos tribunais.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h16

    -0,05
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    1,12
    65.403,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host