UOL Notícias Notícias
 
11/06/2010 - 00h28 / Atualizada 11/06/2010 - 00h42

Violência política no Quirguistão deixa 7 mortos e 50 feridos

BISHKEK, 10 Jun 2010 (AFP) -Sete pessoas morreram e ao menos 50 ficaram feridas na madrugada desta sexta-feira em novos atos de violência política em Och, no sul do Quirguistão, bastião do presidente deposto Kourmanbek Bakiev, informou um responsável do governo provisório.

"Sete pessoas morreram e mais de 50 ficaram feridas", disse o funcionário quirguiz Azimbek Beknazarov.

O ministério da Saúde já havia informado "três mortos e 46 feridos nos hospitais, sendo cinco em estado grave", em um boletim divulgado às 07H30 local.

Um porta-voz do governo provisório, Faride Niyazov, disse à AFP que "ocorreram confrontos e troca de tiros entre grupos de jovens na madrugada desta sexta-feira em Osh e nos distritos vizinhos de Karassu, Aravan e Uzgen. Foram enviados veículos blindados à região",

O governo provisório decretou o toque de recolher e o estado de emergência a partir desta sexta-feira em Osh, destacou o porta-voz.

"O estado de emergência foi declarado em Osh e nos distritos de 11 a 20 de junho. O ministro do Interior, Bolot Cher, e o ministro da Defesa, Ismail Isakov, visitaram a cidade".

O toque de recolher vigora das 20H00 às 06H00.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,63
    3,167
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,87
    65.667,62
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host