UOL Notícias Notícias
 
14/06/2010 - 18h32 / Atualizada 14/06/2010 - 19h31

Jovens são principais vítimas da violência na América Latina (CIDH)

SAN SALVADOR, 14 Jun 2010 (AFP) -Os jovens são as principais vítimas da delinquência na América Latina, onde são registrados altos índices de violência, segundo um informe da OEA apresentado nesta segunda-feira em San Salvador.

"Os países da região hoje apresentam alguns dos índices de criminalidade mais altos do mundo, com os jovens no grupo mais afetado como vítimas e algozes", segundo o informe da Organização dos Estados Americanos (OEA).

O documento foi divulgado pelo relator da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), o brasileiro Paulo Pinheiro, e pela representante para a América Central do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH), Carmen Villa Quintana.

Pela primeira vez em décadas, a delinquência ultrapassou o desemprego como "a principal preocupação" para a população dos países da América Latina, onde as autoridades não desenvolveram um trabalho "eficaz", indica o documento.

Os autores do informe advertem que as instituições do Estado "não desenvolveram as capacidades necessárias para responder de forma eficaz, mediante ações de prevenção e de repressão legítimas do crime e da violência".

A falta de atenção às vítimas da violência e do crime, a privatização dos serviços de segurança, a falta de profissionalismo e modernização das forças policiais, assim como a intervenção das forças armadas em tarefas de segurança cidadã são as maiores "debilidades" institucionais, segundo a CIDH.

Nas Américas, a taxa de homicídios alcançou nos últimos anos os 25,6 casos para cada 100 mil habitantes, enquanto na Europa a taxa é de 8,9 homicídios, no Pacífico Ocidental de 3,4 e na Ásia Sul e Oriental, de 5,8.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h49

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h50

    -1,94
    61.423,46
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host