UOL Notícias Notícias
 
14/06/2010 - 10h12 / Atualizada 14/06/2010 - 10h20

ONG aponta melhorias dos DH em Israel, mas denuncia que violações persistem

JERUSALÉM, 14 Jun 2010 (AFP) -O ONG israelense B'Tselem informou sobre melhorias quanto aos direitos humanos nos territórios palestinos desde o fim da ofensiva de Israel contra Gaza, há 18 meses, mas apontou que algumas violações ainda prosseguem nos territórios.

Em seu informe anual, a B'Tselem assinala "certas melhorias importantes", anotando, por exemplo, que o número de mortes vinculadas ao conflito é menor do que nos anos anteriores: 83 palestinos foram mortos pelo exército israelense e a polícia entre 19 de janeiro de 2009 e 30 de abril de 2010.

Entre os palestinos mortos, mais de dois terços foram habitantes da Faixa de Gaza. Mais de um terço era de civis que não participavam nas hostilidades. Destes mortos, 20 eram menores.

Do lado israelense, sete pessoas morreram, entre elas três civis e um de 16 anos.

B'Tselem também afirma que o número de palestinos detidos administrativamente (sem julgamento) continuam baixando: 222 no final de março de 2010.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h50

    -0,22
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h57

    -0,41
    75.659,88
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host