UOL Notícias Notícias
 
17/06/2010 - 14h30 / Atualizada 17/06/2010 - 14h32

Princesa Victoria e Daniel Westling, um casal amado pelos suecos

ESTOCOLMO, 17 Jun 2010 (AFP) -A popular princesa Victoria, herdeira do trono da Suécia, que se casa no sábado com seu ex-professor particular de ginástica, Daniel Westling, deve sua reputação ao estilo descontraído e caloroso, contrabalançado por sua energia e caráter forte.

Victoria, de 32 anos, de sorriso amplo e olhos castanhos, se fez amar tanto no país quanto no exterior pelo desembaraço em público e seu sorriso radiante.

Ela se preparou para assumir seu papel de rainha com estudos na Universidade de Yale, nos Estados Unidos, e em estágios nas Nações Unidas, na representação sueca da União Europeia, no exército e no governo sueco. Também aprendeu francês na Universidade Católica do Oeste de Angers (França) e fala inglês e alemão, língua materna de sua mãe.

Primeira herdeira da dinastia Bernadotte, filha do rei Carl Gustav XVI, de 64 anos, e da rainha Silvia, de 66, irmã mais velha de Carl Philip, de 31 anos, e de Magdalena, de 28 anos, Victoria lidera as consultas sobre popularidade da família real.

O anúncio de seu casamento com o plebeu Daniel Westling, quatro anos mais velho que ela, a quem conheceu em 2001 quando era professor de ginástica particular e proprietário de uma academia só fez impulsionar ainda mais a popularidade da princesa.

Mas, segundo a mídia, para poder viver seu amor, ela teve que suportar e enfrentar as reticências de seu entorno, inclusive de seu pai, preocupado pelo abismo cultural que poderia debilitar o casal.

"Victoria é uma mulher muito, muito forte", explicou à AFP Johan T. Lindwall, responsável pela cobertura da realeza no jornal Expressen.

"O rei quis resistir a princípio... Não estava convencido de que Daniel, por suas origens, pudesse se adaptar e cumprir seu papel de hoje, mas Victoria o fez mudar de opinião", disse.

O futuro príncipe, mais discreto, sempre aparece nas fotos trajando um terno escuro impecável, com sorriso forçado e óculos escuro.

Esta imagem contrasta com as do começo de seu relacionamento com a princesa, nas quais parecia muito mais descontraído.

Daniel Westling nasceu perto de ?rebro, centro da Suécia, em 15 de setembro de 1973, dia da coroação de seu futuro sogro. Mas, cresceu na pequena cidade de Ockelbo, 190 km ao norte de Estocolmo, onde vivia com a mãe, uma funcionária dos correios, e o pai, encarregado de um serviço de ajuda social.

No ano passado, o pai do futuro príncipe também apareceu nas primeiras páginas dos jornais no ano passado, após doar um rim para o filho, devido a uma insuficiência congênita, mas não hereditária, segundo garante o noivo.

A princesa, que assim como o rei é disléxica, também enfrentou problemas quando mais jovem. Em 1997, o Palácio teve que confirmar que ela sofria de anorexia.

Entre o primeiro beijo do casal, flagrado por um fotógrafo em 2002, e sua aparição oficial na corte, passaram-se quatro anos. Finalmente, em fevereiro de 2009, os dois anunciaram o noivado.

Victoria Ingrid Alicia Désirée, nascida em 14 de julho de 1977, está destinada a tornar-se Rainha da Suécia, embora não tenha nascido princesa-herdeira.

A lei de sucessão que permite ao primogênio herdar o trono, independente do sexo, só foi modificada após o nascimento do irmão de Victoria, o príncipe Carl Philip, em maio de 1979.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host