UOL Notícias Notícias
 
18/06/2010 - 19h04 / Atualizada 18/06/2010 - 20h25

Obama pede a Mianmar que liberte a Prêmio Nobel da Paz em seu aniversário

WASHINGTON, 18 Jun 2010 (AFP) -O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu esta sexta-feira às autoridades birmanesas que libertem a prêmio Nobel da Paz Aung San Suu Kyi, que completa 65 anos no sábado, e outros presos políticos de forma "imediata e incondicional".

"Uma vez mais, faço um apelo ao governo birmanês para que liberte Aung San Suu Kyi e todos os presos políticos imediatamente e sem condições e lhes permita construir uma Mianmar mais estável e próspera, que respeite os direitos de seus cidadãos", disse Obama em um comunicado.

"Por ocasião de seus 65 anos, em 19 de junho, envio minha saudação a Aung San Suu Kyi, a única ganhadora do Nobel da Paz encarcerada", acrescentou o presidente.

Desde 2003, Aung San Suu Kyi está sob prisão domiciliar. Por 15 anos, em três períodos distintos, ela foi privada da liberdade desde o início de sua luta pela democracia, em 1988.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host