UOL Notícias Notícias
 
18/06/2010 - 23h20 / Atualizada 18/06/2010 - 23h30

Protesto contra destituição de prefeito de Sucre deixa 10 feridos

LA PAZ, 18 Jun 2010 (AFP) -Dez pessoas ficaram feridas e outras 17 foram presas durante choques entre policiais e manifestantes que protestavam nesta sexta-feira contra a destituição do prefeito da cidade boliviana de Sucre.

"Temos sete policiais feridos nos confrontos", revelou o comandante da Polícia de Chuquisaca, coronel Iver Márquez, após a 'batalha campal' entre estudantes e policiais na principal praça de Sucre, capital legal da Bolívia.

Além dos policiais, três manifestantes foram feridos sem gravidade, segundo a imprensa local.

A polícia deteve 17 pessoas.

O detonador do incidente foi a decisão do Movimento Ao Socialismo, partido do presidente Evo Morales, de aprovar na Câmara de Vereadores a destituição do prefeito Jaime Barrón (oposição).

Barrón, ex-professor universitário, obteve 47% dos votos na eleição de abril passado e estava no cargo há apenas 20 dias.

O prefeito de Sucre foi destituído por submeter a vexame indígenas partidários do governo Morales, em 2008.

No lugar de Barrón foi empossada a governista Verónica Berríos.

Estudantes leais a Barrón tomaram a Praça das Armas de Sucre, queimaram pneus nas ruas e atacaram a polícia com objetos e fogos de artifício. Os agentes reagiram com bombas de gás lacrimogêneo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h29

    -0,15
    3,174
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h39

    0,35
    68.214,06
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host