UOL Notícias Notícias
 
19/06/2010 - 16h30 / Atualizada 19/06/2010 - 16h30

Uribe manifesta 'tristeza e impotência' após tragédia em mina

BOGOTÁ, 19 Jun 2010 (AFP) -O presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, expressou neste sábado sua "tristeza e impotência" ao visitar a mina de carvão de San Fernando, noroeste do país, onde equipes de socorro tentavam resgatar os corpos de mais de 50 trabalhadores que morreram na quarta-feira passada após uma explosão.

"Quero saudá-los, cheio de afeto, de dor (...) me sinto muito triste. Nos sentimos muito impotentes neste momento", disse Uribe aos familiares dos mineiros presos na jazida, de onde foram resgatados 18 cadáveres até o momento.

"Faremos todos os esforços para que vocês, queridas famílias, não se sintam desprotegidas. Acreditamos que isso é o fundamental", enfatizou o presidente, que também recebeu das autoridades regionais um relatório sobre a segurança industrial na mina e os resultados das primeiras investigações.

Os trabalhos para encontrar mais de 50 mineiros que devem estar mortos na mina de San Fernando, no município de Amagá, departamento de Antioquia, continuavam lentamente em meio ao desespero dos familiares dos trabalhadores.

No momento da explosão, ao menos 71 pessoas trabalhavam na mina, afirmou Auxilio del Socorro Zapata, prefeita de Amagá, onde morava a maior parte dos mineiros.

Outros dois cadáveres foram sepultados neste sábado, sendo que, na véspera, nove foram enterrados em uma comovente cerimônia religiosa.

Os outros dois corpos eram submetidos a processos de identificação, já que assim como os anteriores, ficaram calcinados. Depois, serão entregues a seus familiares, em um processo que se repetirá durante os próximos dias, segundo avançam as operações de resgate, afirma Araque.

Wálter Restrepo, 31 anos, até agora o único mineiro resgatado vivo, com queimaduras em 30% do corpo, disse à imprensa local que se salvou porque no momento da explosão estava chegando à saída da mina.

"Da boca da mina saiu uma candeia, como se fosse um dragão ou um maçarico gigante", descreveu a vítima no hospital de Medellín (400 km ao noroeste de Bogotá).

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h39

    1,58
    3,309
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h47

    -2,31
    61.189,59
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host