UOL Notícias Notícias
 
20/06/2010 - 19h30 / Atualizada 20/06/2010 - 19h39

Colômbia: confrontos deixam 17 mortos em fim de semana de eleições

BOGOTÁ, 20 Jun 2010 (AFP) -Onze oficiais e seis rebeldes foram mortos durante confrontos entre as forças públicas e grupos ilegais durante o fim de semana em diversas regiões da Colômbia, que neste domingo realizava o segundo turno das eleições presidenciais, informaram fontes oficiais.

Na ocorrência mais grave, sete policiais morreram em uma emboscada com explosivos na zona rural do departamento de Norte de Santander (fronteira com a Venezuela), atribuída pelas autoridades a rebeldes do Exército de Libertação Nacional (ELN).

"Temos um fato muito lamentável: o ataque a uma patrulha da polícia com explosivos que deixou sete policiais mortos", disse a jornalistas Margarita Silva, secretária de Governo do departamento.

Apesar de inicialmente a funcionária ter informado sobre o desaparecimento de outros oito oficiais, posteriormente, um porta-voz do governo disse à AFP que se tratou de "uma confusão", já que estes se separaram da patrulha quilômetros antes do local da emboscada.

O ataque ocorreu às 11h00 locais (13h00 de Brasília) na zona rural do município de Tibú, mais especificamente no local conhecido como Tres Bocas, quando os oficiais foram deslocados para a zona fronteiriça e um grupo armado ilegal não identificado ativou os explosivos.

Na região, atuam as guerrilhas das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e o Exército de Libertação Nacional (ELN), assim como organizações de narcotráfico e grupos criminosos integrados por ex-paramilitares.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h59

    -0,51
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host