UOL Notícias Notícias
 
20/06/2010 - 14h44 / Atualizada 20/06/2010 - 14h45

Santos vota e pede que colombianos derrotem a chuva e o futebol

BOGOTÁ, 20 Jun 2010 (AFP) -O candidato governista à presidência da Colômbia, Juan Manuel Santos, votou neste domingo no segundo turno eleitoral e pediu a seus compatriotas que ignorem a chuva e as partidas do Mundial para votar e fortalecer a democracia.

"Confio que o futebol e a chuva não vão nos impedir de ir às urnas", assinalou o ex-ministro da Defesa, ao chegar a sua seção eleitoral protegido por um forte esquema de segurança e na companhia da esposa, Clemencia Rodríguez, e seus três filhos.

María Antonia e Esteban Santos usavam camisetas com a inscrição "Eu voto no meu pai".

Antes, o candidato pelo partido Verde, Antanas Mockus, também pediu, ao votar, que seus compatriotas compareçam em massa às urnas, apesar da chuva que está caindo na capital e da transmissão do Mundial de futebol.

"É muito emocionante que possamos votar cedo, em meio à chuva (...) tenho a sensação de que será um dia de muita participação cidadã", assinalou o aspirante dos Verdes ao votar numa seção instalada na Hemeroteca Nacional, no centro de Bogotá.

O candidato insistiu que a transmissão das partidas do Mundial não devem ser desculpa para os eleitores deixarem de ir às urnas.

"É preciso fazer um gol contra a abstenção e vamos votando pensando que estamos jogando a partida da democracia colombiana", acresentou o ex-prefeito da capital.

Mockus estava acompanhado por sua esposa, Adriana Córdoba, e seus filhos, cuja presença na mesa de votação foi aproveitada para pedir que seja reduzido de 18 a 16 anos a idade para que um cidadão possa votar na Colômbia.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host