UOL Notícias Notícias
 
23/06/2010 - 19h15 / Atualizada 23/06/2010 - 19h21

Celia vira furacão maior no Pacífico, sem levar ameaça ao México

MIAMI, 23 Jun 2010 (AFP) -O furacão Celia se fortaleceu nesta quarta-feira até tornar-se um ciclone de categoria 3 no Pacífico, com ventos de 185 km/h, enquanto avança para o sul da península mexicana da Baixa Califórnia, sem representar uma ameaça para aquela costa, informou o centro americano de furacões (NHC, na sigla em inglês).

"Celia se tornou um furacão maior", acrescentou o NHC, com sede em Miami.

"Não há vigilâncias costeiras, nem advertências em vigor", já que o rumo previsto do ciclone não põe o continente em risco, uma vez que entraroa no oceano nos próximos dias, acrescentou.

Às 18h00 de Brasília, o olho do furacão, de categoria 3 na escala Saffir-Simpson com máximo de 5, estava 1180 km ao sul da ponta da península da Baixa Califórnia e se dirigia para o oeste a 20 km/h.

Os furacões maiores, de grande poder destrutivo, são aqueles com ventos que superam os 178 km/h.

Também no Pacífico, a tempestade tropical "Darby" se formou esta quaerta-feira e "poderia tornar-se furacão na quarta-feira", disse o NHC.

Às 18h00, o centro de Darby estava perto da fronteira entre a Guatemala e o México, 475 km a sudeste da cidade mexicana de Salina Cruz.

A tempestade, com ventos de até 100 km/h e com direção noroeste a 19 km/h, se manteria distante do continente nos próximos dias, mas poderia voltar-se para a costa mexicana este fim de semana, disse o NHC.

Em maio, a primeira tempestade tropical da temporada no Pacífico, Agatha, castigou a América Central com fortes chuvas e inundações que deixaram mais de 170 mortos, quase todos na Guatemala.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host