UOL Notícias Notícias
 
24/06/2010 - 19h24 / Atualizada 24/06/2010 - 19h25

Atentado contra centro de segurança grego deixa um morto

ATENAS, 24 Jun 2010 (AFP) -Um atentado com pacote-bomba atingiu pela primeira vez nesta quinta-feira à noite o centro do dispositivo grego de segurança, os escritórios do ministro da Ordem Pública encarregado da polícia, provocando a morte do chefe de segurança do ministro.

É a primeira vez que promovem um atentado contra o aparelho de segurança do país, em um edifício cuja entrada está sob estrito controle policial.

O primeiro-ministro, Georges Papandreou, citado em comunicado, disse que o atentado com pacote-bomba foi um "ataque terrorista".

"Expresso a dor e a indignação de cada cidadão grego por esse ato terrorista", declarou Papandreou.

"Enquanto nosso país e o povo enfrentam uma batalha diária para sair da crise, covardes assassinos querem afetar nossa democracia, a sociedade grega (...). Terão a resposta que merecem, não apenas do Estado, como do conjunto da sociedade", completou.

"Os terroristas não alcançarão seu objetivo", disse o primeiro-ministro.

A vítima foi identificada como Georges Vassilakis, 52 anos, e a forte explosão ocorreu em seu escritório, situado a alguns metros do gabinete do ministro Michalis Chryssohoidis, funcionário emblemático da luta antiterrorista.

O ministro, presente no ministério quando ocorreu a explosão, está bem, segundo a mesma fonte.

A explosão ocorreu no sétimo andar do edifício situado em uma grande avenida periférica de Atenas, sede do ministério e da polícia, e que foi evacuado.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host