UOL Notícias Notícias
 
24/06/2010 - 09h44 / Atualizada 24/06/2010 - 09h45

Cinco americanos condenados por terrorismo no Paquistão

SARGODHA, Paquistão, 24 Jun 2010 (AFP) -Cinco americanos detidos no Paquistão por terem tentado entrar em contato com rebeldes islamitas ligados à Al-Qaeda foram condenados nesta quinta-feira a dez anos de prisão por terrorismo, anunciou um promotor paquistanês.

Os cinco estudantes americanos de origem paquistanesa, etíope, eretreia e egípcia, fugiram de suas famílias nos Estados Unidos e foram detidos no início de dezembro de 2009 em Sargodha (centro).

"Cada um deles foi condenado a dez anos de prisão, declarados culpados de terrorismo", anunciou à AFP o promotor Nadeem Akram Cheema.

O julgamento eo anúncio do veredicto aconteceram a portas fechadas num tribunal situado no interior da prisão de Sargodha, rodeada por fortes medidas de segurança.

Os advogados da defesa anunciaram que vão apresentar um recurso de apelação a este veredicto, assim como o promotor pretende fazê-lo, já que reclama, em nome da província de (onde se encontra Sargodha), 20 anos de prisão.

Os cinco condenados, Umar Farooq, Waqar Husain, Rami Zamzam, Ahmad Abdulá Mini e Amman Hasan Yammer, enfrentavam uma possível pena de prisão perpétua.

"Foram absolvidos em três acusações, mas reconhecidos culpados de outras duas: complô criminoso, pela qual receberam 10 anos de prisão, e financiamento de uma organização terrorista proibida, que lhes valeu cinco anos", detalhou o advogado da defesa, Hasan Kashela.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host