UOL Notícias Notícias
 
25/06/2010 - 16h00 / Atualizada 25/06/2010 - 16h02

Homem é declarado culpado do maior roubo de jóias da história britânica

LONDRES, 25 Jun 2010 (AFP) -Um homem foi declarado culpado, nesta sexta-feira, em uma corte de Londres, pela participação no maior roubo de jóias da história britânica, no qual os ladrões levaram 40 milhões de libras de uma joalheria da capital, no verão (boreal) de 2009.

Aman Kassaye, de 25 anos, foi considerado culpado dos crimes de sequestro, conspiração para roubar e posse de arma de fogo por um júri popular, no nono dia de deliberações.

Os membros do painel, que foram enviados para casa no fim de semana e retomarão os debates na segunda-feira, ainda devem se pronunciar sobre os outros seis acusados.

Kassaye foi um dos homens que, após ter recorrido a um maquiador profissional para disfarçar sua fisionomia, entraram elegantemente vestidos em 6 de agosto, em plena luz do dia, na luxuosa joalheria Graff do bairro londrino de Mayfair.

Após ameaçar os funcionários com suas armas, levaram jóias avaliadas em 40 milhões de libras (65 milhões de dólares), antes de fugirem, atirando para o alto, com a ajuda de vários cúmplices, em diferentes carros.

Até hoje as jóias não foram recuperadas.

A luxuosa joalheria Graff, que tem entre seus clientes Paris Hilton, Victoria Beckham e Naomi Campbell, já havia sofrido outro roubo espetacular em 2003, quando perdeu o equivalente a 23 milhões de libras.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h00

    -0,03
    3,135
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h08

    -0,18
    75.853,61
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host