UOL Notícias Notícias
 
26/06/2010 - 17h02 / Atualizada 26/06/2010 - 17h13

Identificadas as 12 vítimas mortais da tragédia ferroviária na Espanha

BARCELONA, 26 Jun 2010 (AFP) -As 12 vítimas mortais da tragédia ferroviária da noite da quarta-feira, no nordeste da Espanha, onze latino-americanos e uma romena, foram identificadas, informou este sábado a titular de Justiça do governo catalão, Monserrat Tura.

As últimas duas vítimas identificadas são o colombiano John Mauricio Osorio e uma jovem romena de 30 anos, disse Tura na porta da Cidade da Justiça, onde funciona o Instituto Médico-legal.

Os mortos são sete equatorianos, dois bolivianos, dois colombianos e uma romena, cujo nome por enquanto se desconhece.

A conselheira (ministra) da Justiça da Generalitat disse aos jornalistas que, com a colaboração das autoridades da Romênia e da Interpol, o DNA da jovem romena estava sendo comparado.

O balanço das vítimas fatais havia sido revisado para baixo este sábado.

Após os exames de DNA, ficou em 12, ao invés de 13, quase todos latino-americanos, informou o Tribunal Superior de Justiça da Catalunha.

Tura disse que a princípio foram contabilizados 13 mortos porque acreditava-se que o DNA de dois fragmentos das vítimas atropeladas eram de duas pessoas gêmeas, mas finalmente se concluiu que se tratava da mesma pessoa.

A tragédia aconteceu quando um trem de alta velocidade atingiu um grupo de jovens que cruzavam os trilhos em uma estação no nordeste da Espanha na noite de quarta-feira, segundo informações do governo autônomo catalão.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host