UOL Notícias Notícias
 
30/06/2010 - 12h44 / Atualizada 30/06/2010 - 12h48

Primeiro-ministro do Nepal se demite para desbloquear crise política

KATMANDU, 30 Jun 2010 (AFP) -Pressionado pelos maoístas, o primeiro-ministro nepalês Madhav Kumar Nepal anunciou nesta quarta-feira sua demissão, pretendendo com isso pôr fim à crise política que paralisa o país há vários meses.

Os parlamentares nepaleses foram eleitos em 2008 por dois anos para redigir uma nova Constituição antes de 28 de maio e virar a página definitivamente à guerra civil entre maoístas e o Estado, que deixou 16.000 mortos entre 1996 e 2006.

No entanto, as conversações entre os três principais partidos não deram frutos por causa dos desacordos com os maoístas e as rivalidades entre dirigentes.

Nos círculos políticos se comenta que o presidente da República pedirá a Madhav Kumar Nepal, de 57 anos e antigo líder do Partido Comunista do Nepal (UML), que continue como primeiro-ministro interino até que seja nomeado um sucessor.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host