UOL Notícias Notícias
 
05/07/2010 - 15h30 / Atualizada 05/07/2010 - 16h13

Biden deixa Iraque depois de tentar destravar crise política

BAGDÁ, 5 Jul 2010 (AFP) -O vice-presidente americano, Joe Biden, finalizou nesta segunda-feira uma visita de três dias ao Iraque, durante a qual pediu aos líderes dos principais partidos que abrissem mão de seus interesses pessoais para tirar o país de uma crise política que dura quatro meses.

Biden reuniu-se separadamente com o presidente iraquiano, Jalal Talabani, de origem curda, e com Amar al Hakim, um dos chefes de uma coalizão de partidos xiitas.

Biden deixou o Iraque no fim da tarde, segundo a embaixada dos Estados Unidos.

Os Estados Unidos não deram nenhuma informação sobre essas reuniões, e os partidos iraquianos não anunciaram nenhum acordo depois desta visita, a quarta do vice-presidente ao país desde sua posse em janeiro de 2009.

Quatro meses depois das eleições legislativas de 7 de março, os iraquianos continuam esperando o nome de seu próximo chefe de governo e a composição do executivo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,71
    3,168
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,12
    68.634,65
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host