UOL Notícias Notícias
 
05/07/2010 - 07h59 / Atualizada 05/07/2010 - 08h01

China: Urumqi sob controle policial um ano depois das violências étnicas

urumqi, China, 5 Jul 2010 (AFP) -A polícia armou um dispositivo de controle nesta segunda-feira na capital da região de Xinjiang, Urumqi, no noroeste da China, cidade submetida à forte tensão depois dos distúrbios interétnicos ocorridos há exatamente um ano.

Em 5 de julho de 2009 explodiram violentos distúrbios alimentados pelo ressentimento de uma parte da minoria uigur - muçulmana e de língua turca - pela dominação chinesa representada pelos hans.

Nos dias seguintes, grupos de hans, armados de facas e barras de ferro, saíram às ruas para se vingar.

Nesta segunda, Urumqi estava em calma, depopis que as autoridades aconselharam aos uigures que não saíssem de casa.

Centenas de policiais foram mobilizados principalmente no bairro uigur, onde patrulhavam as forças antidistúrbios com capacetes e escudos.

Oficialmente, 200 pessoas morreram e 1.700 ficaram feridas em 5 de julho de 2009. As autoridades chinesas acusaram os "separatistas étnicos" de terem fomentado essas violências.

Duzentas pessoas foram condenadas pela justiça e 26 setenciada à pena capital, sendo que nove já foram executadas, segundo a imprensa chinesa.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,38
    3,156
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h22

    0,41
    65.277,38
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host