UOL Notícias Notícias
 
05/07/2010 - 11h16 / Atualizada 05/07/2010 - 11h21

Inglaterra, Alemanha e Emirados se negam a reabastecer aviões iranianos

TEERÃ, 5 Jul 2010 (AFP) -Grã-Bretanha, Alemanha e Emirados Árabes Unidos se recusam a abastecer os aviões iranianos de passageiros que transitarem por seus aeroportos, informou a Associação de Companhias Aéreas Iranianas, citada nesta seguna-feira pelas agências IRNA e ISNA.

Segundo as fontes, a medida começou a ser aplicada na semana passada e é consequência das sanções unilaterais impostas pelos Estados Unidos contra Irã por seu controvertido programa nuclear.

"Desde a semana passada, depois da adoção das sanções unilaterais e das sanções americanas contra o Irã, os aeroportos da Grã-Bretanha, Alemanha e Emirados Árabes Unidos se negam a abastecer os aviões iranianos", declarou Mehdi Aliyari, secretário da Associação de Companhias Aéreas Iranianas, citado pela Isna.

"As companhias Iran Air (nacional) e Mahan (privada), que têm inúmeros voos para a Europa, tiveram problemas", acrescentou.

Aliyari pediu à Organização da Aviação Civil Internacional (ICAO) que intervenha para declarar "ilegal a aplicação dessas sanções".

"O ministério das Relações Exteriores, a organização nacional da aviação civil, o ministério dos Transportes (...) atuarão contra esta ação ilegal americano", acrescentou.

Segundo a Irna, o Kuwait também se nega a abastecer os aviões iranianos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,22
    3,148
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h22

    0,64
    65.099,56
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host