UOL Notícias Notícias
 
07/07/2010 - 10h20 / Atualizada 07/07/2010 - 10h27

Irã admite que sanções poderão prejudicar seu programa nuclear

TEERÃ, 7 Jul 2010 (AFP) -As novas sanções impostas pela comunidade internacional ao Irã poderão prejudicar seu programa nuclear, inclusive as atividades de enriquecimento de urânio, afirmou nesta quarta-feira o chefe do programa nuclear iraniano, Ali Akbar Salehi, reconhecendo assim pela primeira vez o impacto das medidas internacionais.

Salehi, chefe da Organização de Energia Atômica iraniana, acrescentou, no entanto, que essas sanções não frearão o controvertido programa.

"Não podemos dizer que as sanções não têm efeitos. Essas sanções têm por objetivo impedir as atividades nucleares do Irã, mas nós dizemos que elas podem prejudicar o trabalho, mas não detê-lo. Isso é certo", afirmou aos jornalistas na cidade portuária de Bushehr (sul).

"Sobre o enriquecimento, poderemos enfrentar problemas relacionados com o equipamento, como os instrumentos de medição", disse ainda.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host